Con-Aid Brasil

Foto patrola

Aplicação

Referência mundial em tecnologia para estabilização de solos

A aplicação do produto é simples, fácil e não diferencia da aplicação usual de revestimento primário (cascalho/saibro).

Não existe custo adicional para implantar a tecnologia.

Pode-se estabilizar até 01 km por dia!

Diagrama de aplicação do produto
  • - Melhor trafegabilidade mesmo em dias de chuvas.
  • - Diminuição do pó, possibilitando mais qualidade de vida para a população.
  • - Melhor aspecto estético.
  • - Secagem rápida após a chuva.
  • - Aumento da capacidade de suporte e redução da Expansão.
  • - Diminui custos com manutenção, estabilização permanente.
  • - Permite posterior pavimentação asfáltica.

Método Spray: Controle do desprendimento de pó

Caminhão aplicando o produto pelo método spray

Este método consiste na aplicação do produto somente com caminhão-pipa, sem a necessidade de abertura da estrada por outros equipamentos. O produto será aplicado em até 10 etapas, dividindo proporcionalmente a dosificação.

Este método estabiliza superficialmente, diminuindo o desprendimento de pó e manutenções constantes e permite melhor trafegabilidade em dias chuvosos. Indicado para estradas com cascalho e antigas, onde não existam problemas com resistência.

 

Fases de tratamento

Fases do tratamento

*Água Adsorvida: água fixada no meio poroso devido a atração molecular entre as superfícies dos grãos de argila e siltes

Fase 1: Aplicação de Con-Aid®/CBR-Plus®

As moléculas de Con-Aid®/CBR-Plus® começam a desenvolver as reações e associações químicas e equilibrar eletricamente o solo.

Fase 2: Desprendimento da *Água Adsorvida e Atração Iônica

Ocorre o desprendimento da *água adsorvida e a evaporação. O espaço ocupado pela água passa a ficar livre entre as partículas. Sem a camada de água que as neutralizava, as minúsculas forças de atração gravitacional das partículas começam a se atrair causando o efeito "aglutinante" no solo.

Fase 3: Compactação e Ação do Trânsito

Simultaneamente com o efeito da evaporação, a ação da compactação e posterior ação do trânsito fornecem o esforço mecânico necessário para reacomodar as partículas de solo estabilizadas. Durante esta fase se realizam somente irrigações com água, a fim de evitar uma violenta secagem da superfície.

Fase 4: Camada Estabilizada e Densificada

Finalmente os efeitos físicos e químicos geram na camada estabilizada um aumento da densidade que proporciona um maior “entrelaçado” entre as partículas, aumentando sua resistência às cargas. Além disso, as partículas se encontram hidrófobas pelas moléculas do estabilizador, o que faz com que a água infiltrada no sistema seja rapidamente eliminada possibilitando uma secagem muito rápida após as chuvas.

Con-Aid Brasil
Con-Aid Brasil
Rua Expedicionário Holz, 601 - Cj. 302
Joinville/SC | 89201-740 Brasil
(47) 3025-2880 / 0800 600 2880
Logomarca TWC Comunicação